Treinamento Funcional X Instabilidade

agachamento joelho 2

Olá pessoal!

Entender a relação existente entre o treinamento funcional e a instabilidade gerada através dos exercícios, e de equipamentos, é uma questão importantíssima ao elaborar um treinamento.

Você acredita que para o exercício ser funcional, obrigatoriamente deve-se gerar instabilidade?

A resposta é NÃO, porém, essa confusão acontece.

O grau de dificuldade e intensidade criada por uma base instável deve ser coerente ao nível de treino e objetivo de quem o faz.

É claro que a instabilidade acrescenta, e muito, os benefícios e desafios, mas analisar e entender quem pode ser desafiado através dessas propostas instáveis são fundamentais ao objetivo e segurança do praticante.

Antes de propor exercícios em bases instáveis, aprimore a técnica e condição física em bases estáveis. Conforme as competências motoras forem melhorando, desafia-los a execução em bases instáveis pode ser o próximo passo.

Bom senso na prescrição, ok?

Forte abraço!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.